Especialista em BI e Big Data

Panorama geral da arquitetura para cenários de BI e Big Data

BI e Big Data são dois conceitos de negócios importantes. Business Intelligence diz respeito à utilização de dados para tarefas como a tomada de decisões, a construção de relatórios e a visualização simplificada de pontos importantes do negócio. Já Big Data é como nos referimos às montanhas de dados que aceleram o BI e podem vir de fontes tão diversas quanto as informações do seu Google Analytics e a previsão de tempo para os próximos dias.

Big data e BI, todavia, apresentam-se sobre arquiteturas distintas e cada uma delas oferece vantagens específicas para o negócio. Embora um não sobreviva sem o outro, há particularidades ao implementar cada um deles na empresa e são essas que exploraremos aqui.

Pronto para entender melhor como a arquitetura em cenários de BI e Big Data funciona? Então comece já a leitura!

Como funcionam as arquiteturas de BI e Big Data?

As arquiteturas de BI e Big Data são essencialmente distintas porque são feitas tendo em mente objetivos diferentes. Enquanto no Business Intelligence a prioridade é processar e analisar dados para obter insights deles, no Big Data o armazenamento é bola da vez. Entenda, nos tópicos abaixo, a diferença que isso faz em termos de arquitetura.

Business Intelligence

A arquitetura do Business Intelligence prioriza a análise, mas isso não significa que ela não deve considerar o armazenamento. Em geral, ela se diferencia pela necessidade de componentes maleáveis, ou seja, que podem ser empregados de acordo com a demanda do negócio em situações específicas.

Uma arquitetura de BI deve, obrigatoriamente, conter:

  • recursos de integração de dados;
  • ferramentas para a limpeza de dados; e
  • regras de negócio para a utilização dos dados.

Alguns dos recursos de BI disponibilizados no mercado integram essas ferramentas e outras vantagens para que uma empresa trabalhe bem com Business Intelligence. Tableau, Qlik e Microsoft Power BI são alguns deles. Mas cuidados ao montar a arquitetura e na escolha das ferramentas são muito importantes.

O que diferencia a arquitetura do BI, muitas vezes, é a capacidade que esses sistemas têm de trabalhar online e seus dashboards. Quanto mais intuitivo for um dashboard, melhor para a organização.

Big Data

Uma arquitetura de Big Data leva em consideração a ingestão, processamento e análise de dados que são complexos demais para serem interpretados pelos softwares tradicionais. Isso significa que esses dados precisam de uma infraestrutura específica, que pode ser feita em servidores locais ou na nuvem. Essa infraestrutura deve considerar:

  • as origens dos dados;
  • o armazenamento dos dados;
  • a adição de dados em tempo real;
  • o processamento dos dados;
  • a consulta aos dados em tempo real; e
  • a análise dos dados.

Soluções de Big Data completas precisam incluir todos esses elementos e oferecer alta performance, escalabilidade e interoperabilidade com os outros softwares utilizados pela organização. Os desafios aqui são lidar com complexidade, maturidade tecnológica, segurança e um set de skills que a sua equipe deve possuir para submeter e analisar os dados contidos na sua ferramenta de Big Data.

Quais as vantagens de conciliar BI e Big Data?

Conciliar BI e Big Data é uma grande vantagem para os negócios porque amplia as variáveis consideradas na tomada de decisões. Sem Big Data, os sistemas de BI se alimentam apenas dos dados adicionados ao sistema. Nem sempre esses dados são complexos o bastante para que se tenha um panorama real da empresa ou se entenda o cenário mercadológico em que ela está inserida.

Esse problema pode resultar em decisões que estão aquém das expectativas, já que o software de BI não pode considerar dados que não foram inseridos nele. Uma arquitetura que comporta ambos BI e Big Data permite que essas duas tecnologias funcionem melhor e cumpram seus propósitos dentro da organização, gerando valor e vantagens competitivas para o empreendimento.

Qual a relevância da arquitetura certa para projetos de BI e Big Data?

Projetos de BI e Big Data devem focar em arquitetura porque é ela que define o quão eficientes os seus softwares serão. Adotar a nuvem, por exemplo, pode remover cargas de trabalho locais e terceirizar boa parte dos processamentos mais complexos para os servidores do provedor.

Já uma arquitetura local robusta pode ser um bom negócio para quem lida diariamente com dados críticos e não pode correr o risco de que esses dados sejam interceptados por terceiros. De qualquer forma, a infraestrutura utilizada em BI e Big Data deve sempre ser aquela que oferece o melhor desempenho para o negócio, consideradas suas circunstâncias.

Como implementar BI e Big Data?

Para implementar BI e Big Data em um negócio devemos estabelecer uma arquitetura que:

1. Cria os reports necessários para todos os times

Adotar uma solução que ofereça valor a apenas um departamento pode ser oneroso e pouco funcional. O ideal é buscar ferramentas de BI e Big Data que possam servir a vários propósitos dentro da organização, sendo acessadas por dezenas de profissionais ao mesmo tempo.

2. Se baseia em evidências

Desenvolver mockups dos sistemas de BI e Big Data ajudará você a identificar os principais problemas com as soluções adquiridas. Essa etapa reduz os riscos no futuro e permite que sejam adotados apenas os recursos que, de fato, funcionam para o seu negócio.

3. Prioriza o que impacta mais sua organização

Ao considerar a implementação de BI e Big Data é preciso ir direto às fontes de problemas empresariais e entender como essas tecnologias terão impacto nelas. Os projetos que funcionam são, no geral, menos complexos e sempre consideram em primeiro lugar as necessidades do empreendimento.

Por que unir BI e Big Data?

Precisamos desmistificar o isolamento entre BI e Big Data. Essas duas tecnologias funcionam melhor juntas e enfrentam os mesmos desafios no dia a dia do negócio. Unir BI e Big Data vai ajudá-lo a obter os melhores insights possíveis porque criará o ecossistema perfeito para a integração dessas duas ferramentas.

Se as equipes podem conciliar dados de BI e Big Data elas têm mais facilidade de chegarem a bons resultados e isso é motivo o bastante para considerar ambas arquiteturas simultaneamente.

As arquiteturas de BI e Big Data são um pouco diferentes e se a sua empresa quer aproveitar ambas tecnologias para crescer terá de considerar esse fato. Os conceitos e dicas explorados aqui ajudam a compreender melhor como BI e BIg Data podem ser estruturados dentro do negócio e lhe apresenta o caminho para fazer isso.

Gostou de entender melhor como BI e Big Data são organizados e podem ajudar a sua empresa? Então não deixe de seguir a BI do Brasil nas redes sociais para aprender mais sobre essas tecnologias. Em nossos perfis do Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter compartilhamos muito conhecimento para ajudar você a navegar pelo BI e Big Data!